Isso até parece filme de terror

O que vocês acreditam deva ser feito pelo Internacional. Seguem as derrotas e o time não consegue melhorar. Até que o desempenho deu uma melhorada contra o Galo.

Newton Drumond disse que, se sair o Celso Roth, toda direção de futebol estará saindo. E agora, o que dizer? Isso até parece filme de terror!

Opinem.

PS: está falando agora o vice de futebol, Fernando Carvalho. Ele garante a permanência de Celso Roth e o Inter não vai sofrer alterações.

Grêmio fez as pazes com a vitória

Se Renato, Espinosa e Preis vão dar certo no Grêmio é outro debate. Já disse que o presidente fez um bom trabalho administrativamente, mas errou nas decisões do futebol.

Por exemplo, faltou convicção, insistência e planejamento para com o ex-técnico Roger, mas a escolha do substituto, apesar do pensamento mágico, foi boa e interessante.

O estilo de vida, de ficar mais tempo na praia curtindo os amigos, não tem nada a ver com a minha opinião. Vale são os desempenhos e ele tem levado numa boa a carreira.

Neste domingo, o time gremista foi bem do jeito que Renato gosta. Forte na marcação, chegou a se utilizar de três zagueiros contra a Chapecoense, e objetivo na frente.

O Grêmio fez as pazes com a torcida gremista, após sete partidas sem ganhar. Luan foi o melhor em campo e o time chegou nos quarenta pontos na tabela de classificação.

Grêmio 1 x 0 Chapecoense teve público pagante: 11.152 presentes. Público não pagante: 1.927 Público total: 13.079 Renda: R$ 319.987,00.

 

Impressiona a falta de vibração dos jogadores

POSTADO LOGO APÓS O FINAL DE FORTALEZA 1 X 0 INTERNACIONAL

O Internacional perdeu mais uma partida, agora pela Copa do Brasil, sem demonstrar qualquer evolução tática ou técnica sob o comando do experiente Celso Roth.

Impressiona a falta de vibração dos jogadores. Parecem apáticos ou assustados com o iminente risco de rebaixamento para a segunda divisão, no campeonato brasileiro.

Nos bastidores, líderes colorados não escondem a preocupação, e parte dos dirigentes está em dúvida, se a equipe deve permanecer ou afastar o comandante técnico.

Ibsen Pinheiro, na rádio Gre-Nal, deixou claro que em futebol tudo pode acontecer, apesar das entrevistas concedidas pelo vice de futebol Fernando Carvalho, garantindo Roth.

Mesmo assim, parte da imprensa tem especulado em torno de nomes como os de Mário Sérgio, Abel Braga e do jovem treinador Lisca, que foi criado na base do Inter.

Opinem.

Foi um teatro com requintes de crueldade

Por inúmeras vezes me manifestei contrário a grande maioria dos dirigentes da Dupla. Não gosto do jeito que eles fazem gestão. Vejo muita politicagem ao invés de dedicação.

Poderia se dizer da falta de competência dos clubes, com raras exceções no Brasil. Talvez, seja uma maneira equivocada do repórter questionar a nossa realidade, também.

O certo é que o futebol gaúcho está atravessando um dos piores momentos, inclusive, dos dois maiores clubes do Estado. Lamento pelo torcedor apaixonada e que sofre.

Sobre a tuitada errada de ontem, quero esclarecer: fiz duas manchetes prévias. Uma anunciando a classificação gremista, e outra, a eliminação, pela Copa do Brasil.

 

A gafe do ano

Para quem sabe como a gente trabalha no blog, temos a consciência de que corremos riscos. Exatamente como aconteceu na manchete de Grêmio e Atlético Paranaense.

A pressa é rotineira entre nós e somente quem não nos acompanha constantemente fica surpreso ou indignado. O resto é papo para boi dormir, com todo o respeito.

Apesar dos pesares, quero dizer que a classificação gremista não deverá dar em muita coisa, é o tipo da classificação que vai do nada a lugar nenhum.

Como disse um dos nossos comentaristas: “o time mostrou que não tem a menor condição de seguir em frente. Foi um teatro de horrores com requintes de crueldade”.

Opinem.